Espírito esportivo no Maristão Juvenil


Abertura aconteceu nas quadras cobertas do Marista Assunção

Um sábado todo dedicado ao esporte. Foi assim que os alunos maristas da Província do RS estiveram envolvidos no Maristão Juvenil 2007, no dia 10 de novembro. Sediado no Colégio Marista Assunção, em Porto Alegre, o evento contou com outros dois locais de jogos: o Parque Esportivo da PUCRS e o ginásio do Marista Rosário. Cerca de 700 atletas competiram nas modalidades basquete (F e M), futebol sete (M), futsal (F e M), handebol (F) e voleibol (F e M). A cerimônia de abertura aconteceu às 8h, na escola sede do evento.

O Maristão Juvenil 2007 foi marcado por integração, convívio e disciplina. Emanados de um espírito esportivo que chamou a atenção de pais, técnicos e arbitragem, os atletas responderam aos objetivos a que o evento se propõe: solidariedade e sociabilização, princípios de São Marcelino Champagnat.  Para os árbitros da Federação que apitaram os jogos no Marista Assunção, a arbitragem realizada, de caráter educacional, colabora para o clima amistoso. “O congresso técnico que realizamos antes dos jogos, com os técnicos de cada equipe, orienta e esclarece o regulamento servindo para adaptar as regras ao torneio escolar e reduzir as punições”, disseram Rodrigo Baneti, Jorge Monte e Márcio Teixeira.

Para os pais, o evento foi um sucesso. A mãe Maglaine Felske, que acompanhou os jogos de voleibol da filha (aluna do Rosário), vê na integração e na experiência de ganhar e perder a importância de eventos como o Maristão. “É bom saber que nem tudo na vida são vitórias e alegrias”. O avô João Carlos Lopes, que é fiel companheiro do neto (aluno do Assunção) em campeonatos, sugere que sejam realizadas mais edições por ano: “É ótimo unir as escolas e proporcionar a troca de conhecimentos entre os alunos através do esporte, que eu considero um meio para se viver melhor”.

Uma das inovações do campeonato, a parceria entre a Comissão de Educação da Rede (Coeduc) e a Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários (PRAC) da PUCRS, trouxe ao Maristão a Rádio Fam, a rádio da Faculdade de Comunicação Social, que transmitiu ao vivo os jogos pela Internet, e o Programa Futuros Calouros, que interagiu com os participantes através de atividades artístico-culturais. Segundo a assessora da PRAC, Maria Helena Oliveira, o importante é uma educação para o esporte: “eu vejo que ele não é importante só na fase em que os jovens estão em momentos de escolhas, mas sim para toda a vida. E a nossa presença é exatamente pra que o aluno da escola marista já possa enxergar aquilo que a PUCRS oferece, ela, que é a única universidade Marista do Estado”.

Veja mais fotos do Maristão Juvenil

Confira mais fotos dos jogos

Confira quem saiu com troféu do Maristão Juvenil 2007

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.