Estudantes resolvem investigação a partir das áreas do conhecimento

Os estudantes do Marista Assunção do 8º ano do Ensino Fundamental foram surpreendidos pelo desafio proposto para o terceiro trimestre. Inspirados nos programas de investigação criminal, os professores da escola planejaram um trabalho que usou a interdisciplinaridade e a criação coletiva e protagonista dos estudantes para a resolução de um suposto crime ocorrido dentro do Colégio. Com acompanhamento e mediação da equipe docente, o projeto CSI Marista Assunção contemplou competências das Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e Linguagens, envolvendo os estudantes no planejamento, construção e operacionalização das atividades.
 
Cada turma precisou pesquisar em livros de literatura de mistério, planejar e montar a sua narrativa, elencando situações, locais e personagens descritos com características físicas e socioculturais. Na construção das pistas sobre o fato, os estudantes apresentaram recursos estudados nas aulas de cada área do conhecimento. Eles destacaram características da identidade do personagem como forma de tradução da sua realidade (Ciências Humanas), instigaram a resolução de problemas através de formas de raciocínio e processos, como indução, dedução, analogia, estimativa (Matemática), expressaram e informaram sobre as circunstâncias da narrativa utilizando diferentes símbolos de comunicação (Linguagens), além de relacionarem informações biológicas e utiliza-las como instrumentos de leitura de mundo para desvendar o mistério (Ciências da Natureza).
 
Pistas sobre um suposto crime foram espalhadas pelo Colégio
 
Cada turma ficou responsável por investigar e encontrar a solução do crime criado por outro grupo de estudantes. Diferentes espaços do Colégio foram utilizados para as cinco cenas dos supostos crimes, com pistas e indícios que conduziam as investigações para as próximas etapas. Divididos em grupos, os estudantes passavam pelos locais, observando, coletando e interpretando cada prova que encontravam e, com todas as informações reunidas, apresentaram os possíveis suspeitos do crime. Para confirmar as hipóteses e os suspeitos levantados pelos investigadores, foi organizada uma hora do conto entre as turmas na qual as narrativas completas foram apresentadas e explicadas pelos estudantes.  
 
Para a investigação, estudantes utilizaram conhecimentos das quatro áreas do conhecimento
 

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.