Invenção da escrita vira tema de investigação

Ao manusear os livros de histórias da biblioteca e os livros de pesquisa de outros projetos da turma, as crianças do N3B começaram a se perguntar, quem será que inventou as letras para as escrivinhanças? Com isso, os questionamentos sobre a escrita e a leitura se tornaram cada vez mais comuns, motivando para mais uma investigação.
 
Para a pesquisa muitos momentos de exploração da linguagem oral estão sendo proporcionados, deixando o grupo, cada vez mais curioso pelas letras e palavras. Para contribuir com a compreensão desse universo, a turma está se aprofundando sobre a história da escrita e realizando viagens pela literatura infantil. A partir das situações planejadas e mediadas pelas professoras, as crianças estão se apropriando da língua oral e ampliando seu vocabulário, manifestando assim o desejo de se apropriar cada vez mais da leitura e da escrita.
 
N3B está investigando a origem das letras
 
Esta interação com a leitura, observação e contato com textos, dentro e fora do contexto escolar, facilita a construção da concepção da linguagem escrita da criança, fazendo com que ela reconheça diferentes usos sociais da escrita, gêneros, suportes e portadores. O convívio literário estimula hipóteses sobre a escrita revelando inicialmente, rabiscos e as escritas espontâneas, que não são convencionais mas sim indícios da compreensão da escrita formal.
 
Estas atividades da turma N3B contemplam o Campo de Experiência Oralidade e Escrita da Base Nacional Comum Curricular.
 

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.