Estudantes conquistam prêmios no Desafio de Robôs Indústria 4.0

Entre os dias 3 e 5/10, os estudantes Gabriel Gunter Herter, João Moreira Lopes e Pedro Antônio Domingues do 1º ano do Ensino Médio do Marista Champagnat participaram do Desafio de Robôs Indústria 4.0, realizado pela Mercopar, Feira de Subcontratação e Inovação Industrial, que acontece anualmente em Caxias do Sul, reunindo expositores de todo o país. 

Um dos focos da Mercopar neste ano foi o Salão da Inovação, que reuniu projetos e ações relacionados à Indústria 4.0, também chamada de 4ª Revolução Industrial, que engloba inovações em automação, controle e tecnologia da informação com aplicação em processos de manufatura. Entre as ações realizadas destaca-se o Desafio de Robôs Indústria 4.0, com demonstração de robótica colaborativa. (Fonte: site da Mercopar)

O Desafio reuniu estudantes de perfis e unidades diferentes, formando equipes com o objetivo de automatizar tarefas específicas, através do desenvolvimento de robôs, utilizando a comunicação entre o grupo e os demais competidores. “Logo eles notaram que falavam a mesma linguagem, tinham os mesmos interesses. Foi um aprendizado muito grande para todos”, ressalta o assessor de tecnologias educacionais do Colégio Marista Champagnat, Cesar Desimon.


Estudantes participam de Desafio de Robôs Insdústria 4.0

Ao final de dois dias de trabalho, as equipes apresentaram seus robôs a um júri técnico composto por professores e técnicos do Sebrae/RS. O 1º lugar ficou com a equipe responsável pelo processo final de colocação da peça no automóvel, formada pelos estudantes Andrieli Marques, Patrick Bartz, João Moreira Lopes (do Marista Champagnat), Eregon Silva e Mateus de Freitas. Os estudantes Gabriel Gunter Herter e Pedro Antônio Domingues conquistaram 2º e 3º lugar com suas equipes.


Desafio de Robôs integra estudantes e propõe desafios

Sobre a Robótica Educacional
A Robótica Educacional do Marista Champagnat integra uma série de iniciativas que inserem a tecnologia no cotidiano dos estudantes com organização de estratégias para a montagem de maquetes/robôs. As tecnologias educacionais contribuem para o aprendizado à medida que favorecem o “aprender a ser” e “aprender fazendo”. Na Robótica os estudantes se envolvem em atividades dinâmicas que buscam soluções criativas e ideias novas para problemas propostos.

Colégio recebe prêmios em Festival de Robótica

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.