8º ano EF filosofa sobre super-heróis

“Grandes poderes trazem grandes responsabilidades”. Esta foi umas das frases que o escritor Gelson Weschenfelder utilizou, nos dias 10 e 11 de abril, para abrir a palestra sobre a sua obra Filosofando com os Super-heróis, adotada como leitura orientada do 8º ano do Ensino Fundamental.
 

8º ano EF reflete sobre o papel dos super-heróis
 
A frase é do personagem Benjamin Parker, tio de Peter Parker, na ficção mundialmente conhecida O Homem-Aranha. A partir dela, o autor filosofou sobre a razão da existência de heróis, por que eles têm poderes, como as heroínas surgem nas histórias em quadrinhos e como elas têm acompanhado a evolução e o reconhecimento do papel da mulher na sociedade.
 
O autor, filósofo de origem e especializado na temática, conversou com os estudantes e debateu sobre a importância dos personagens de histórias em quadrinhos desde o surgimento do gênero, deixando claro que a leitura não tem idade e que super-heróis também fazem parte do mundo adulto, pois, além de entretenimento, trazem temáticas importantíssimas para a discussão de papéis sociais.
 

Livro é a leitura adotada para o 8º ano EF
 
Segundo a professora de Redação e Língua Portuguesa, Daniela Florão, discutir temas como ética, moral, gênero e direitos e deveres é crucial para a formação do cidadão e para a construção de um mundo melhor. "A leitura e o protagonismo das ideias dos estudantes estão sendo incentivadas e, através da leitura e discussão dos temas propostos, atrelados às histórias em quadrinho e seus protagonistas, os estudantes construirão um anti-herói, conceito moderno associado ao heroísmo e adequado à sociedade atual."
 
A atividade, que vincula as disciplinas de Língua Portuguesa, Artes e Filosofia, faz parte da Sequência Didática da área de Linguagens e Códigos associada à área de Ciências Humanas.
 
Sequência Didática

A sequência didática faz parte da metodologia curricular dos Anos Finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio do Marista Champagnat. O conceito abrange o planejamento, desenvolvimento e avaliação de um conjunto de atividades ligadas entre si, reunindo os componentes curriculares nas quatro áreas do conhecimento: ciências humanasciências da naturezamatemática linguagens e códigos

Os estudantes de 6º a 9º ano EF e 1º a 3º ano EM realizam uma sequência didática por área do conhecimento a cada trimestre. O método é uma estratégia que favorece a interdisciplinaridade, relacionando os conteúdos específicos do nível de ensino e o cotidiano, através de uma situação problema pensada pela área do conhecimento e da utilização de múltiplas mídias e linguagens.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.