Sequência didática reúne estudantes e sobreviventes do Holocausto

A partir da questão norteadora Como a contemporaneidade lida com os Direitos Humanos em um mundo de intolerâncias?, os estudantes do 3º ano EM estão sendo motivados a refletir sobre os problemas relacionados ao ódio e à intolerância, através da análise de diferentes guerras e conflitos. Os estudos fazem parte da sequência didática da área de Ciências Humanas, que contempla os componentes curriculares de Ensino Religioso, Filosofia, Geografia, História e Sociologia.

Para enriquecer ainda mais os conteúdos trabalhados sobre a Segunda Guerra Mundial e a intolerância étnica e religiosa, os estudantes receberam a presença de três sobreviventes do Holocausto, o alemão Curtis Stanton e os holandeses Bernard Kats e Johannes Melis.


Sobreviventes do Holocausto relatam suas histórias

Os sobreviventes Bernard Kats, judeu holandês escondido por famílias holandesas, Curtis Stanton, judeu alemão que esteve no campo de concentração de Aushwitz e Johannes Melis, católico, holandês de nascimento, cujos pais abrigaram, escondidas em sua casa, duas famílias judias, relataram suas histórias e comoveram os estudantes.


Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

O painel faz parte do projeto Compromisso Moral e Lições de Solidariedade, realizado pelo Instituto Cultural Judaico Marc Chagall e as lojas da B´nai B´rith do Rio Grande do Sul, desde 2008. A iniciativa tem como objetivos estimular o reconhecimento da identidade e o desenvolvimento de formas de expressão cultural da comunidade judaica brasileira e difundir a contribuição judaica para a cultura. Visa ainda estimular a realização de estudos e pesquisas sobre a comunidade judaica do Rio Grande do Sul e do Brasil, no que se refere às suas singularidades sociológicas e culturais, promovendo a preservação e a divulgação deste material documental. 

A Zero Hora esteve presente para divulgar o encontro dos sobreviventes do Holocausto com os estudantes do 3º ano EM. Confira a matéria na íntegra.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.