Tarefas da Gincana Champagnat estimulam ações sociais

A ideia da Gincana Champagnat é promover o gesto de cidadania, solidariedade e responsabilidade com o próximo, por isso, todos os anos a gincana busca proporcionar, além de provas tradicionais, provas de cunho social. Uma das tarefas destaques e que mais vale pontuação é o desenvolvimento e a aplicação de um Projeto Social na comunidade passo-fundense.

Projeto Social

No dia 30 de agosto as equipes apresentaram, para uma banca avaliadora, as ações sociais que realizaram durante os meses de gincana.

Dentre os 9 projetos sociais que foram desenvolvidos, a equipe 1 realizou oficinas e rodas de conversa na instituição Centro Juvenil Mericiano (CEJUME) no bairro São José, visando a inclusão e cidadania na prevenção à violência. O projeto da equipe 2, ocorreu na escola municipal Wolmar Salton, buscando fazer uma real e duradoura diferença na vida das crianças, gerando empatia para elas vivenciarem as dificuldades que pessoas com deficiência enfrentam todos os dias.


Execução do projeto da equipe 1 

A equipe 3 realizou o projeto na Capela São Marcelino, participando e auxiliando na catequese, bem como a doação de materiais escolares. Já a equipe 4 desenvolveu o projeto mandando a R.E.A.L, na qual envolveu encontros que debatiam sobre respeito, empoderamento, autonomia e liberdade, para estudante da Escola Antonino Xavier e Oliveira. Além disso, a equipe realizou a venda de docinhos, onde toda a renda arrecadada foi destinada para a reforma de quadras de esportes da mesma escola.


Execução do projeto da equipe 4

O projeto da equipe 5 constituiu-se na reforma da biblioteca do Lar da menina, na qual o ambiente foi totalmente reformulado, os armários modificados e o restante remobiliado, a fim de tornar o espaço confortável e facilitar a diversão e o aprendizado. Ainda, a equipe doou 100 exemplares de livros para a biblioteca. O projeto da equipe 6, foi realizado em parceria com a ONG Amor, visando uma iniciativa de doação e integração com as crianças da ONG.  A equipe 8 realizou visita ao Lar da menina, onde passaram a tarde fazendo atividades como contação de histórias. Por fim, o projeto da equipe 9 foi a doação de brinquedos, livros e jogos para a Escola Estadual de 1° Grau Maria Dolores Freitas Barros, localizada no bairro Santa Marta, além de uma tarde de integração com as crianças do Colégio. O resultado da prova vai ser divulgado no sábado, 9/9, dia da Gincana Champagnat.


Execução do projeto da equipe 9

Meias do Bem

A comissão organizadora fez parceria com a Loja Puket, visando arrecadar meias em desuso para confeccionar cobertores. Para cumprir a prova, as equipes deveriam entregar ao Gensc pelo menos 50 pares de meias, podendo ser meias usadas e diferentes.  A prova movimentou as 9 equipes, que juntas arrecadaram 19 mil meias usadas, o que é suficiente para produzir cerca de 500 cobertores.


Cerca de 19 mil meias foram arrecadadas

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.