Uma aula diferente para marcar o Dia da Consciência Negra

O dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, mobilizou os estudantes do Ensino Médio para uma aula diferenciada no Salão de Atos do Colégio.

Na abertura e encerramento da atividade, a aluna Aline Martins, da turma 213, apresentou com seus convidados algumas música do samba brasileiro.

Organizado pelos professores da área de Ciências Humanas, a atividade buscou a conscientização de questões sociais de grupos específicos, onde os alunos puderam refletir sobre a diversidade cultural.

A noite contou com a presença do professor, Adriano Viaro da Silva, mestre em História e pesquisador de história afro-brasileira e história da escravidão; do Coordenador de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial da Prefeitura de Novo Hamburgo, Ilson Jeroni Rodrigues da Silva; e do presidente da Associação de Senegaleses do Vale dos Sinos, Mbengue Massamba.

Professor Adriano Viaro falou sobre a história dos quilombos no Brasil

Ilson Jeroni Rodrigues da Silva explicou sobre os direitos dos negros 

O senegalês Massamba compartilhou a sua história de vida

Depois das explicações e relatos dos três convidados, os estudantes interagiram com perguntas e comentários. 

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.