Mala de Memórias passa pelo colégio

Uma mala cheia de objetos históricos. Esse é o objetivo do Projeto Mala de Memórias, uma da exposição itinerante e colaborativa que representa a disponibilidade do consagrado de se deslocar para onde seu trabalho é necessário, levando o carisma de Champagnat para os cinco continentes.

O Marista Vettorello recebeu a Mala de Memórias criada pela equipe do Centro de Patrimônio e Espiritualidade Marista (Cepem), para proporcionar a reflexão sobre a identidade do Instituto, construindo conhecimentos a partir de partilhas do passado.


Projeto Mala de Memórias esteve em exposição no colégio
 

As malas vêm percorrendo as unidades e comunidades da Província desde 6 de junho, Dia de São Marcelino Champagnat, e continuarão circulando até o fim do ano – em celebração à data e ao bicentenário de fundação do Instituto.