#FalaAíEducador apresenta a professora de matemática Carla Pires

Publicado nas sextas-feiras, o espaço #FalaAíEducador é dedicado para apresentar a equipe de educadores do Marista Graças. Para além de um currículo, os educadores são convidados a compartilhar sua trajetória, seus sonhos e um recado especial para os estudantes. 

Nesta semana é a vez de Carla Pires, confira!

 

Nome:
Carla Pires 
 
Professora de:
- Matemática dos Anos Finais.
 
Quanto tempo no Marista Graças (ou na Rede Marista):
-  Comecei em fevereiro de 2015. 
 
Como começou na educação?
- Iniciei na Escola Estadual Senador Pasqualini, que está inserida dentro da Fundação Atendimento Socioeducativo, (Fase).
- Foi um desafio e tanto, apenas meninos com idades entre 13 a 21 anos privados de Liberdade. Eu aprendi a não julgar e sim ser uma gota no oceano, um dia de cada vez, acreditar que um novo começo é possível. 
- Assim começou minha carreira na educação. 
 
Qual a sua formação?
- Técnica em Contabilidade. 
- Sou formada em Ciências Licenciatura plena com Habilitação para Matemática. (FAPA).
- Especialização em Educação de Jovens e Adultos e Privados de Liberdade (UFRGS).
 
Quem te inspirou para ser educador?
- Sempre gostei de números, exatas me encanta, e quem me inspirou foi um professor no ensino médio. Ficava admirada com a leveza que ele ministrava suas aulas e a valorização que ele buscava no estudante. 
 
Um dia inesquecível em sala de aula foi quando...?
- Não existe um dia inesquecível, são momentos inesquecíveis, mas o mais gratificante é o brilho no olho do estudante com tuas explicações, a mão quando levanta tímida para perguntar algo importantíssimo para o desenvolvimento de algum raciocínio.
- É sentir-se plena em uma explicação. 
 
Partilhe uma dica cultural sobre a sua área:
O homem que calculava - Malba Taham.
Jogando com a matemática - Isabel Lara.
 
 
Quando você era criança, qual era o seu sonho?
- Meu sonho era ser Pediatra, mas com o tempo percebi que não tinha vocação para saúde.
 
O que gosta de fazer no tempo livre?
- Adoro correr, ler e fazer um crochê. 
- Tomar chimarrão com a família e conversar.
 
Deixe um recado para os estudantes do Marista Graças:
- As virtudes não se alcançam sem esforço, os defeitos não se corrigem sem luta. (São Marcelino Champagnat).
Nunca deixem de sonhar”. 
 
Com estudantes da equipe amarela na Ginchamp - 2017

 

Saiba mais

- Confira o #FalaAí de outros educadores clicando aqui

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.