#FalaAíEducador apresenta o coordenador de turno Leandro Heckler

Publicado nas sextas-feiras, o espaço #FalaAíEducador é dedicado para apresentar a equipe de educadores do Marista Graças. Para além de um currículo, os educadores são convidados a compartilhar sua trajetória, seus sonhos e um recado especial para os estudantes.
 
Nesta semana é a vez do Leandro Heckler, confira!
 
 
 
Nome:
Leandro Alex Heckler
 
Cargo:
Coordenador de turno, do Centro Esportivo e das Atividades Extraclasses.
 
Quanto tempo na Rede Marista:
Iniciei em 2000 como professor na Escola Marista Santa Marta, trabalhando depois como vice-diretor por 4 anos e meio. Após, assumi como diretor no Colégio Marista Maria Imaculada, em Canela, quando fiquei 4 anos na unidade. Em 2015 vim para o Marista Graças para assumir a coordenação. 
 
Como começou na educação?
Comecei como formando marista no juvenato, em Getúlio Vargas (RS), em 1993, onde fiz o Magistério durante o Ensino Médio. Fui professor curricular por 8 anos e meio dando aula do 1º ao 4º ano EF. 
 
Qual sua formação?
Depois do Magistério, fiz Educação Física na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Após, uma pós-graduação em Gestão Curricular Marista, pela PUCRS, e ainda estou cursando o Mestrado pela Universidad Tres de Febrero, em Buenos Aires, na Argentina. 
 
Quem te inspirou para ser professor?
Foi o meu tio Luiz Heckler, que hoje trabalha no Marista Rosário, e o professor Enir Konzen, diretor da minha escola onde cursei o Ensino Fundamental. Ele era muito simpático e jogava futebol conosco no recreio (risos). 
 
Um dia inesquecivel em sala de aula foi quando...?
Tenho tantos dias legais para lembrar... mas acho que foi quando consegui marcar um jogo amistoso com as categorias de base do Grêmio para jogarem com a escola de futebol que eu treinava no Marista Santa Marta. Foi um dia que eu vi os olhinhos deles brilharem por poder jogar de igual para igual com uma equipe tão reconhecida (é o Grêmio, né! risos). 
 
Partilhe uma dica cultural da sua área:
Filmes: Coach Carter - um treino para a vida (que é mais da minha área esportiva) e a Sociedade dos Poetas Mortos. 
 
Quando você era criança, qual era seu sonho?
Ser jogador de futebol (imagina se não! risos)
 
O que gosta de fazer no tempo livre?
Jogar futebol, ir ao cinema e ficar com a família. 
 
Deixe um recado para os estudantes do Marista Graças:
Gosto muito do clima de amizade que tem entre os estudantes e professores do Marista Graças. Sem dúvidas sentimos um espírito de família muito grande aqui na escola!
 
Durante o batizado da filha Anita com o Luã, filho mais velho, e a esposa Patrícia
 
 
Junto com estudantes em atividade do GEMG
 

Saiba mais

- Confira o #FalaAí de outros educadores clicando aqui

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.