Professora faz cartas virarem livro

A professora Mariáh Oyarzabal Luz, que leciona Literatura no Colégio Marista Graças, escreveu um livro sobre cartas que ela fazia em alusão ao seu filho durante a gestação. Aos 25 anos, Mariáh descobriu que estava grávida e, por ter diabetes do tipo 1, levou consigo uma gravidez de risco.

Sem saber se conseguiria conhecer o menino, a escritora começou a redigir cartas para que um dia, se o pior acontecesse, seu filho pudesse ler. Com a escrita, ela descrevia seu dia a dia, as angústias e todo o amor que sentia por ele. Hoje, o pequeno já tem seis anos de idade.

Todos os manuscritos eram postados no blog “Cartas ao Meu Bebê”. Desta forma, Mariáh começou a ter um público assíduo, que se identificava com seus textos. Atualmente, as 145 cartas publicadas fazem parte do livro que leva o mesmo nome do blog. O lançamento aconteceu no dia 11 de maio, na praça Saldanha Marinho, em Santa Maria – RS.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.