Colégio realiza a 18ª edição do Doe Vida

Na última quarta-feira, 13/6, O Colégio Marista Maria Imaculada realizou a 18ª edição do consolidado projeto Doe Vida, partilhe o amor. O projeto ocorre anualmente e busca doações de sangue para atender a comunidade da região Nordeste do Rio Grande do Sul, além de conscientizar a sociedade para a importância da doação de sangue, tendo como base iniciativas realizadas por estudantes e profissionais do colégio. Já foi reconhecido com o troféu Ouro do 9º Prêmio Responsabilidade Social do Sinepe (2014) e pelo Governo do Estado do RS (2015), por sua relevância na criação da cultura de doação sanguínea. Nessa última edição foram arrecadadas 62 bolsas de sangue. São parceiros do projeto, o Hemocentro de Caxias do Sul, a Prefeitura e a Secretaria de Saúde de Canela. 
 
Para muitos, o Doe Vida foi a primeira experiência de doação de sangue 
 
A coleta foi realizada pelo Hemocentro Caxias do Sul, responsável por atender 49 municípios gaúchos, que disponibilizou uma unidade móvel no pátio do colégio (Rua Visconde de Mauá, 545) para atender os doadores. Muitas pessoas compareceram ao colégio para realizar o cadastro de doador, entre elas, alunos que realizaram a sua primeira doação de sangue, pais e comunidade canelense. Devido à grande procura e participação, a faixa etária dos doadores foi bastante variada, entre 16 e 60 anos. Neste ano o projeto arrecadou 62 bolsas de sangue.
 
A comunidade local se fez presente, solidária à causa
 
“Com o Doe Vida em Canela (RS), beneficiamos diretamente a comunidade local e, indiretamente, estimulamos os municípios vizinhos a se engajarem na causa. O diferencial, contudo, está na formação dos estudantes, que absorvem lições de cidadania, solidariedade e amor ao próximo e se engajam durante todo o processo de doação”., afirma a diretora do Colégio Marista Maria Imaculada, Fabiane Köhler.