Estudantes do Marista Ir. Jaime criam Coletivo Skatolo

Voluntários da Biblioteca do Cesmar desenvolveram um projeto para otimizar o fluxo das atividades de sala de aula, estimulando a reciclagem. Para buscar um cultivo de hábitos conscientes, foi desenvolvido o Coletivo Skatolo. O nome significa Caixa e vem da língua de comunicação internacional Esperanto, que não pertence a nenhuma nação, mas é mundialmente falada.


Caixa Interativa de Livros foi colocada nas salas de aula
para estimular a troca de livros

Foram colocadas caixas nas salas de aula com destinos diferentes. Para a reciclagem de folhas desperdiçadas e materiais destinados ao lixo, foram instaladas as chamadas Coletaixas, nas quais os papeis serão transformados em papel semente e artesanato. Há também uma caixa interativa com livros, passatempos e textos informativos, para que os estudantes tenham sempre algo à mão para uma boa leitura. 


A Coletaixa criada pelos estudantes faz a
coleta de folhas usadas que iriam para o lixo comum

Já na Biblioteca, há uma caixa para doações e troca de roupas entre os estudantes, estimulando o consumo consciente e a troca.


Caixa que recebe doações e interações,
espalha boas atitudes pelo Marista Ir. Jaime

 

Para a bibliotecária do Marista Ir. Jaime, Annie Casali, "a iniciativa é maravilhosa, os estudantes tem uma nova motivação paraa reciclagem das relações de consumo", analisa. Já para a estudante Daphne Gonçalves, da turma 223, iniciativas como essa fazem a diferença no mundo. “É muito bom pensar nessas ações, pois as pessoas se conscientizam e pensam em suas atitudes”, completa a estudante.  


Daphne com os demais voluntários montando Coletaixas

O próximo passo é estimular a atuação da Skatolo em outras escolas da região.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.