Pastoral Escolar

O Serviço de Pastoral insere-se como presença fundamental em todos os setores, oficinas e atividades do Marista Ir Jaime Biazus. Os temas giram em torno das reflexões sobre a Campanha da Fraternidade do ano vigente e dos projetos provinciais. Outros temas surgirão a partir do contato com os grupos e de necessidades pontuais, constatadas na realidade refletida e analisada. A Pastoral fomentadora dos processos evangelizadores, animando a participação na missão de tornar Jesus e Maria conhecidos e amados por toda comunidade educativa, conforme nos orientam as diretrizes de nossa ação evangelizadora: “Nossa Missão nasce da experiência de Deus realizada por Marcelino Champagnat e da sua atenção às necessidades de seu tempo. O Espírito Santo suscitou-lhe a missão de tornar Jesus Cristo conhecido e amado (...), para educação cristã das crianças e jovens, particularmente os mais necessitados”.

Vivenciar a Pastoral é promover, em primeiro lugar, o resgate da pessoa humana, da descoberta de cada um (a) como ser sagrado, filho (a) de Deus e instrumento de transformação da realidade de injustiça para uma realidade onde haja vida e vida em abundância (cf. Jo 10, 10).

De acordo com a Missão Educativa Marista, “assumimos as mais desafiadoras realidades de nossa cultura e época, tão profundamente entranhadas na vida dos jovens excluídos e desesperançados que encontramos no nosso apostolado. Como fruto de nossa presença atenta e portadora de esperança, mesmo com sacrifício pessoal e por meio de nossa voz na igreja e na sociedade, contribuímos para tornar o mundo mais de acordo com o Reino de Deus”.

A realidade onde estamos inseridos nem sempre se apresenta do modo como a queremos. Aliás, o processo de empobrecimento e exclusão se intensifica cada vez mais. Isto nos convoca a sermos sinais de esperança e transformação, educadores formadores de crianças, adolescentes, jovens e adultos, capacitados, prontos para agir e também transformar o seu contexto de injustiça em um espaço mais de acordo com o projeto de Deus para a humanidade. Ao mesmo tempo, nos torna profetas que devem ver a realidade (saber onde se está), iluminar esta realidade (à luz da Boa Nova de Jesus Cristo e dos ensinamentos de São Marcelino Champagnat) e agir nessa realidade (em vista de sua transformação), avaliar os processos realizados (aprender com a prática analisada e refletida) e celebrar (reconhecendo os belos sinais e alegrias motivadoras de novos passos).  A pastoral pretende seguir esses passos e ser espaço de reflexão e celebração da vida considerando o indivíduo como sujeito da historia.

Objetivos da Pastoral

Geral:
Celebrar e promover a vida através da vivência comunitária, do cuidado e da reflexão, buscando por meio do carisma marista e o ideal de Marcelino Champagnat, “tornar Jesus Cristo conhecido e amado” desmistificando conceitos religiosos e culturais e as experiências de fé de cada ser humano na intenção de “que a fé liberte e nos torne melhores!”.

Específicos:

  • Proporcionar momentos comunitários de reflexão e cultivo da espiritualidade apostólica marista;
  • Celebrar, ao longo do ano, a Campanha da Fraternidade;
  • Aproveitar os espaços pedagógicos para a formação de educadores;
  • Integrar as famílias dos educandos aos projetos do Cesmar;
  • Formar lideranças para a cultura da solidariedade e da paz;
  • Contribuir com o olhar teológico e filosófico para a ação cotidiana da instituição e para o contexto que está inserida;
  • Garantir o espaço de cultivo da espiritualidade em todos os projetos e atividades da instituição;
  • Acompanhar os projetos permanentes do Cesmar, inserindo os projetos em nível de província na unidade;
  • Inserir-se nas instâncias educativas fomentando a evangelização como prática de todos;