1ª Dica de Leitura de Novembro

Periodicamente, a equipe da Biblioteca Cultural Marista seleciona algumas dicas de leitura, por segmento, de obras que fazem parte do acervo do Colégio. Confira!

Educação Infantil

Bia não quer dormir - Thalita Rebouças

Bia não consegue dormir de jeito nenhum. E quando resolve contar carneirinhos, fica tudo mais difícil. Afinal, que carneiros são esses? Quantos ela precisa contar? Onde eles vivem? Divirta-se com as perguntas curiosas e engraçadas de Bia, que perde o sono, mas jamais o bom humor.

Caco Coelho adora escrever - Peter Bently

Não é surpresa para ninguém que o Caco Coelho adora livros. Ele passa o tempo todo rodeado de histórias de piratas, fantasmas e dinossauros. Mas agora ele recebeu um desafio de sua professora: escrever o seu próprio livro. Parece uma tarefa e tanto, mas ao menos ele terá a ajuda de seus amigos para redigir uma aventura sem igual!

Histórias de Willy - Anthony Browne

Toda semana, Willy atravessa uma porta e embarca em aventuras emocionantes, inspiradas nos mais conhecidos clássicos da literatura mundial. Onde será que ele vai parar hoje? Na toca de um coelho cheia de objetos curiosos ou talvez a bordo de um navio pirata, cara a cara com o Capitão Gancho? Que tal ir junto com ele? Toda semana, Willy atravessa uma porta e embarca em aventuras emocionantes, inspiradas nos mais conhecidos clássicos da literatura mundial. Onde será que ele vai parar hoje? Na toca de um coelho cheia de objetos curiosos ou talvez a bordo de um navio pirata, cara a cara com o Capitão Gancho? Que tal ir junto com ele?

Anos Iniciais

Chuva! - Mary França e Eliardo França

Pela janela, Ana observa a chuva. Chove também em outros lugares. Na floresta, os pingos molham as árvores e o tico-tico que descansa sobre o galho. No campo, ela molha o boi no gramado e a careca do vovô. Ana sai para ver a chuva de perto e fica na frente de casa observando os pingos caírem sobre seu guarda-chuva.

A família mais rica do mundo - Jonas Ribeiro

A matriarca de uma família de bilionários resolve se questionar se seriam felizes sem tanto dinheiro. Convida a família para vivenciarem uma experiência que lhes proporcionará uma percepção diferente da vida. Uma aventura cheia de surpresas e poesia. E nós, será que precisamos de dinheiro para sermos felizes? Muito dinheiro? Jonas Ribeiro integrou-se definitivamente à causa da educação financeira infantil e vem reforçando com seu talento e sensibilidade a corrente humanista que valoriza as verdadeiras riquezas em prol de melhor qualidade de vida.

O livro para dragões - Como cuidar do seu humano - Laurence Yep e Joanne Ryder

Após o funeral de Felpuda, seu amado bichinho de estimação, a rabugenta senhorita Drake, um dragão, se vê diante de um novo “humano” que ficará sob seus cuidados: a magricela e petulante Winnie. Curiosamente, Winnie parece pensar que a senhorita Drake é seu animal de estimação, e não o contrário – um absurdo, diga-se de passagem! Agora a senhorita Drake terá que trabalhar duro para adestrar Winnie e transformar a garotinha em uma companhia perfeita. Mas a tarefa não será nada fácil. A curiosidade de Winnie sobre o mundo mágico fará com que as duas se metam em uma tremenda confusão, colocando em risco o segredo que envolve a existência dos seres mágicos.

Anos Finais

Vovô deu no pé - David Walliams

Jack tem doze anos e sua pessoa preferida no mundo  é o avô. Vovô foi piloto de caça da Força Aérea Britânica, e até hoje o que mais gosta de fazer é falar sobre aviação. Mas, embora a memória do vovô esteja afiada para lembranças antigas, para as coisas do dia a dia ela anda meio fraquinha. Nos últimos tempos, vovô tem estado confuso e esquecido, e isso acaba sendo motivo de muitas trapalhadas. Jack é o único que se esforça para entender o avô, mas como não é capaz de protegê-lo de todos os perigos, os pais de Jack decidem internar o vovô em um lar para idosos. Jack então decide embarcar na maior aventura de sua vida para salvar o avô. Vovô deu no pé resgata a nostalgia e a criatividade que permeiam a relação de avô e neto, mostrando que, com afeto, é possível enfrentar as situações mais difíceis.

Tarzan - Edgar Rice Burroughs

Nascido na floresta, órfão com apenas um ano de idade, o pequeno lorde Greystoke é adotado e criado por uma antropoide, que o transforma em Tarzan - o homem-macaco, ágil, forte, poderoso guerreiro, líder de seu bando e rei da selva. Mas tendo contato com a espécie humana, sobretudo com membros de uma expedição americana, dentre eles a bela Jane, o herói se transforma. Será que o amor e suas origens como lorde Greystoke irão sobrepujar uma vida inteira como Tarzan? Pode um homem selvagem resistir ao chamado da floresta? Inclui 40 ilustrações de Hal Foster, autor da clássica adaptação de Tarzan para os quadrinhos nos anos 1920. E ainda apresentação, notas e cronologia de vida e obra de Burroughs.

Drácula - Bram Stoker

Obra-prima de Bram Stoker, Drácula narra o assustador confronto entre o vampiro mais famoso da literatura, apoiado por sua legião crescente de mortos-vivos, e um grupo decidido a aniquilá-lo, liderado por Jonathan e Mina Harker e o médico holandês Van Helsing. Publicado originalmente em 1897, este livro é considerado marco fundador de um gênero, a literatura de terror. Esta edição traz o texto original sem cortes.

Ensino Médio

O corcunda de Notre Dame - Victor Hugo

Na Paris do século XV, a cigana Esmeralda dança em frente à catedral de Notre Dame. Ao redor da jovem e da igreja, dançam outros personagens inesquecíveis - como o cruel arquidiácono Claude Frollo, o capitão Phoebus, a velha reclusa Gudule e, claro, o disforme Quasímodo, o corcunda que cuida dos sinos da catedral. Com uma trama arrebatadora, que tem a cidade de Paris como bem mais do que um mero pano de fundo, Victor Hugo criou um dos grandes clássicos do romantismo francês, de leitura irresistível.

Tieta do Agreste - Jorge Amado

Fogosa pastora de cabras e namoradora de homens, a adolescente Tieta é surrada pelo pai e expulsa de Santana do Agreste graças à delação de suas aventuras eróticas por parte da irmã mais velha, a pudica e reprimida Perpétua. Um quarto de século depois, rica, Tieta retorna em triunfo ao vilarejo, no interior da Bahia. Com dinheiro e influência política, ajuda a família e traz benefícios à comunidade, entre eles a luz elétrica. Para os parentes e amigos de Agreste, Tieta enriqueceu no sul ao se casar com um industrial e comendador. Mas aos poucos o narrador vai plantando no leitor a dúvida, o descrédito, até revelar a história oculta da protagonista: Tieta se prostituíra e virara cafetina em São Paulo, razão de sua riqueza e de seu trânsito entre os poderosos. Nesse acerto de contas com o passado, ela acaba se envolvendo na acirrada disputa em torno do futuro do lugarejo.

O Cortiço - Aluísio Azevedo

Há várias razões pelas quais a leitura de O Cortiço é indispensável. Ele foi publicado em 1890, e é um romance com características do movimento Naturalista. É uma das obras mais importantes desse movimento, pois denuncia que, diante de um ambiente degradado, as pessoas ás vezes comportam-se como animais. Isso é mostrado por meio do ambiente no qual o romance se passa: um cortiço, onde pessoas vivem aglomeradas, e também por meio das ações de seus personagens.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.