2ª Dica de Leitura | Março

Periodicamente, a equipe da Biblioteca Cultural Marista seleciona algumas dicas de leitura, por segmento, de obras que fazem parte do acervo do Colégio. Confira!

Educação Infantil

Mania de Expicação - Adriana Falcão

Solidão é uma ilha com saudade de barco. A frase, recheada de poesia, é uma das muitas que Adriana Falcão esculpiu com sensibilidade para este livro delicioso, que já se tornou um clássico da literatura para as crianças de todas as idades. De página em página, Adriana vai explicando algumas palavras, às vezes de difícil compreensão, para aqueles que estão começando a entender o mundo.  

As coisas boas do ano - Tatiana Belinky

O ano velho está cansado e triste, mas que bobagem, afinal muita coisa boa aconteceu durante esse tempo. Quando tudo parecia ter sido ruim no ano que passou, um balanço comprovou que havia muita coisa para comemorar. E se ainda não for bem assim, com a ajuda das crianças, certamente será assim, um dia.

A galinha xadrez - Rogério Trezza

Será que a rígida lição de moral contida no final desta fábula pode ser aplicada nos dias de hoje? Essa é a questão proposta (e resolvida) por esse livro, que é uma adaptação livre do conto popular A Galinha Ruiva.

Anos Iniciais

Diário de Pilar na Amazônia - Flávia Lins e Silva

Dessa vez, a rede mágica leva Pilar, Breno e o gatinho Samba para a Amazônia, onde eles entram em contato com os costumes, o folclore, os alimentos, a fauna e a flora locais. Alguns desses itens são descritos em boxes, tornando o livro atraente como leitura suplementar em sala de aula. O tema da necessidade de preservação da natureza percorre toda a história, que é graciosa e comovente: Pilar procura o pai, que não chegou a conhecer e de quem só tem uma foto antiga. 

Dom Quixote para Crianças - Monteiro Lobato

Quem nunca ouviu falar de Dom Quixote e Sancho Pança, seu gorducho escudeiro? Adaptado por Monteiro Lobato, este livro traz as aventuras do cavaleiro que percorria o mundo em busca de justiça e de glórias. A história do fidalgo espanhol, escrita por Miguel de Cervantes, há mais de quatrocentos anos, continua emocionante como sempre. E aqui, recontada por Dona Benta, fica ainda mais saborosa.

A maior boca do mundo - Lúcia Pimentel Góes

Laurinha é uma menina muito curiosa, adora perguntar. Um dia, cansada de tantas perguntas, a avó promete que lhe dará uma caixa de bombons se ela disser qual a maior boca do mundo. A menina pensa, mas não acha resposta. Por isso decide perguntar à lagartixa. Ela também não sabe e vão juntas perguntar ao sapo, que vai com elas perguntar ao tubarão.... Se você quer saber se Laurinha conseguiu descobrir quem tem a maior boca do mundo, terá que se aventurar na leitura desse livro!

Anos Finais

Vida e Pixão de Pandonar, o cruel - João Ubaldo Ribeiro

Vida e Paixão de Pandonar, o Cruel conta a história de Geraldo, um pequeno garoto cheio de imaginação, que passa o tempo se transformando no poderoso e multitalentoso Pandonar. Mas quando Geraldo se apaixona por Maria Helena, ele precisa da ajuda de Roquetão, seu amigo metido a cientista maluco. Um livro que confirma toda a versatilidade do baiano João Ubaldo Ribeiro, que consegue encantar, além dos adultos, os mais jovens.

Éramos seis - Maria José Dupré

Éramos seis fala sobre a vida de Dona Lola, uma bondosa e batalhadora mulher que faz de tudo pela felicidade do marido, Júlio, e dos quatro filhos. A história se passa desde a infância das crianças, passando pela chegada dos filhos à fase adulta e de Dona Lola à velhice. O título do livro vem da situação de Dona Lola ao fim da vida, sozinha num asilo: eram seis, agora só resta ela. A obra parece comum no drama que aborda, pois não aborda uma história de amor e não traz questionamentos filosóficos ou intelectuais, mas um drama mais ou menos comum a todas as famílias que lutam para conseguir estas três necessidades fundamentais: boa convivência, teto e o pão-nosso-de-cada-dia. O que torna esse livro incomum e fascinante é a forma como a narrativa evolui, de modo simpático, irresistível e envolvente.

A moreninha - Joaquim Manuel de Macedo

Publicado pela primeira vez em 1844, A Moreninha é a obra mais conhecida de Joaquim Manuel de Macedo. Tornou-se um best-seller em sua época e é um dos livros mais lidos de nossa literatura no século XIX, continuando a ser sucesso entre o público leitor interessado em se divertir e se emocionar com uma narrativa simples, fácil, tipicamente romântica. A Moreninha é um marco do Romantismo. Foi a primeira e bem sucedida tentativa de fazer uma literatura que traduzisse o sentimento da época, com personagens que retratavam a classe burguesa em ascensão no Brasil imperial, a mesma classe a que pertenciam os leitores desse tempo.

Ensino Médio

Charles Darwin, a revolução da evolução - Rebecca Stefoff

A Origem das Espécies, publicado em 1858, transformou nosso modo de ver o mundo e fez de Charles Darwin um dos cientistas mais importantes de todos os tempos. Em A Revolução da Evolução, a escritora Rebecca Stefoff narra toda a controvérsia causada pelas teorias de Darwin, e mostra por que elas continuam a ser debatidas até os dias de hoje, quase que por completo, depois da morte de Darwin. 

Morte e vida Severina - João Cabral de Melo Neto

Morte e vida Severina, publicado pela primeira vez em 1956, é a obra mais popular e social do poeta João Cabral de Melo Neto. Retrata a fuga de retirantes por causa da seca através do curso do rio Capibaribe. Encenada dez anos depois de sua publicação, com música de Chico Buarque, recebeu diversos prêmios, como o do Festival de Nancy, na França. 

A história sem fim - Michael Ende

A História Sem Fim é a mágica aventura de um garoto solitário que, através das páginas de um livro, passa para o reino da fantasia. Nesta terra imaginária, numa busca original e cheia de perigos, Bastian descobre a verdadeira medida de sua própria coragem e descobre sua capacidade para amar. O texto impresso em duas cores verde e vinho e as belas ilustrações das aberturas dos capítulos completam o clima de encantamento desta história.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.