Escola e família no incentivo à leitura nos Anos Iniciais

Reunir estudantes e seus familiares em torno de uma mesma paixão: a leitura. Compartilhar histórias cheias de encantamento com as crianças e, pelo exemplo, incentivá-las ao hábito de ler cada vez mais e melhor. Essas são as ideias centrais do projeto Um Leitor em Minha Família dos Anos Iniciais, que durante todo o ano recebe pais, mães, avós, tios, colocando em prática o repertório que vem de casa e tem início, na maioria das vezes, na infância.


A mãe da Clara Monteiro, do 3° ano, representou a personagem do seu livro favorito da infância

Por meio de votação, as crianças escolhem quem será o familiar convidado a vir ao Colégio e elaboram, juntos, o convite e as perguntas para o próximo a ser recebido. A sala de aula, a Biblioteca, o bosque e o pátio são cenários para momentos de encantamento por meio dos livros que as famílias usam aliados à criatividade.


As crianças do 2° ano EF adoraram a visita repleta de histórias e brincadeiras

Exemplos desses momentos de partilha não faltam: o André Luiz Borges, do 2° ano EF, recebeu junto com sua turma seus pais, a Rivany e o Augusto, que também compartilharam a paixão por livros. Ela, começou a se interessar pela literatura brasileira por influência de uma professora de sua infância. Ele, trouxe o Sitio do Pica Pau Amarelo para dentro da sala e rememorou livros e brincadeiras infantis que marcaram gerações. Por último, os pais e os estudantes pegaram emprestados os livros O Gato Malhado e Andorinha Sinhá para dar continuidade ao estímulo a leitura. “Foi uma experiência muito enriquecedora para nós. Gostaríamos de agradecer a oportunidade da escola abrir espaços para a participação dos pais e, assim, aproximar ambos”, conta Rivany.

A professora Gismara Marques, do 3º ano EF, compartilha a importância da presença da família na escola: “Por meio das visitas, temos a valorização do hábito da leitura que tanto queremos cultivar nos estudantes, porque eles se identificam pela proximidade ao verem seus familiares lendo. Além do mais, esses vínculos entre a escola e a família são essenciais. Os estudantes se envolvem bastante e ficam muito animados com a ideia de ter um familiar dentro da sala de aula e os pais têm a oportunidade de vivenciar o que acontece na escola, a rotina e a dinâmica da turma”.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.