Maristas participam de Encontro Interamericano no Colégio

O Colégio recebeu, nos dias 8 e 9/6, estudantes, educandos e educadores maristas do DF e de outros estados no Encontro Interamericano de Adolescentes e Jovens em torno dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Durante dois dias, os convidados refletiram e construíram propostas que deram origem a uma Carta Compromisso, que será enviada à instancias da sociedade civil e governamentais.

O evento internacional também contou com a conexão, via internet, de jovens maristas do México. A discussão foi qualificada pelo processo formativo e de trabalho em torno da Agenda 2030 que as instituições maristas das Américas desenvolvem desde o lançamento dos ODS no ano de 2015. As iniciativas em âmbito das Américas são fomentadas pela Fundação Marista de Solidariedade Internacional (FMSI) e pela Rede Coração Solidário e seus parceiros.


Na abertura, Marcos Scussel fala aos jovens

Na abertura, Marcos Scussel, diretor do Colégio, deu as boas-vindas aos participantes e reforçou a importância do Encontro para os jovens e para o Instituto. “Estar aqui discutindo os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável nos fortifica como maristas, como profissionais do futuro que vocês serão, aproveitem essa oportunidade e contagiem cada vez mais pessoas, precisamos dessa força para melhorar o mundo”, disse.


Jovens discutiram temas de relevância

Durante o Encontros, dos 17 Objetivos propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU), foram priorizadas temáticas que abordam os direitos de crianças, adolescentes e jovens. Para o Ir. Ivonir Imperatori, assessor da área de missão e gestão da UMBRASIL, eventos como este são de extrema importância. “Aqui, temos um grupo de estudantes muito comprometido com os ODS e essa é uma pauta que tem que ser discutida em todas as instâncias e em todos os colégios”, ponderou.


Dez estudantes do Colégio se uniram a outros jovens maristas no evento

 

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.