Saída a campo: Lago Paranoá é objeto de pesquisa científica

Vivenciar os aprendizados a partir da pesquisa e dos princípios científicos: em meio à crise hídrica e ao racionamento de água vividos no Distrito Federal, os estudantes do 9° ano EF tiveram a oportunidade de observar e analisar o recurso natural em uma futura fonte de abastecimento do DF – o Lago Paranoá, na saída a campo, na última semana.


A qualidade da água foi analisada por meio de alguns experimentos

Além da sala de aula, uma embarcação foi cenário para grandes descobertas. Os estudantes tiveram o desafio de fazer alguns experimentos para analisar o PH, a temperatura e o oxigênio dissolvido no Lago. Em teste, a qualidade da água e a aptidão da região para a prática de esportes. Além dos experimentos, os estudantes tiveram apoio de professores e outros profissionais para compreender algumas curiosidades e fatos sobre o Lago.


Em grupo, o PH, a temperatura e o oxigênio dissolvido foram colocados em teste

Uma arquiteta convidada explicou às turmas sobre a formação do lago artificial durante a construção de Brasília e uma bióloga abordou a diversidade da fauna e da flora local. Além disso, os professores Flávio Mucio, Márcio Chagas, Rodrigo Xavier e Analy Alonso, que ministram os componentes curriculares Biologia, Química e Física, além das aulas de Laboratório, respectivamente, contribuíram explanando a importância do Lago para Brasília e alguns fatos químicos, físicos e biológicos sobre ele.


O clima também foi de amizade e de compartilhamento

O Ivan Felipe, do 9°A, garante que a vivência foi enriquecedora: “Nesse dia, fizemos algo muito legal, uma experiência nova! Conseguimos colocar em prática tudo que aprendemos dentro de sala e acho que sempre poderíamos fazer saídas a campo assim, até em outras temáticas. Foi ótimo também ter tido as explicações dos professores de diferentes disciplinas em uma mesma situação. Bem interessante!”.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.