Salas de aula do 1º ano EF ganham novo mobiliário

Integração, movimento e autonomia são alguns dos conceitos presentes no projeto das salas de aula do 1º ano EF, que ganharam um novo mobiliário neste início de ano, partindo do princípio de sermos, cada vez mais, espaçotempo de investigação, de produção de conhecimento, de criação, de aprendizado político e ético, de pastoral, de construção de projeto de vida e de formação dos estudantes maristas.


A reação dos estudantes ao entrarem em sala

Para marcar a entrega dos móveis, na quinta-feira, 15/2, as crianças foram recebidas em clima de surpresa. Uma fita, com um laço, nas portas das salas, despertou a curiosidade e a criatividade da Luisa Ricci. “Eu pensei que a surpresa era chocolate, mas era uma sala nova! Eu adorei!” Uma a uma, as turmas tiveram acesso às salas de aula e as reações foram de encantamento. “Quando abriu a porta, eu achei muito legal! Não sabia o que ia fazer primeiro. Gostei muito de brincar com meus amigos. ” comemorou a Sophia Mendonça.

As adaptações têm como objetivo proporcionar um cenário adequado onde proposta educativa e ambientes conversem e se complementem. A coordenadora Pedagógica dos Anos Iniciais, Bruna Souza, explica: “durante o ano, os estudantes desenvolvem sequências didáticas e projetos que exigem trabalhos em grupo, a movimentação em sala de aula e o acesso aos materiais necessários às pesquisas. Assim, com a mudança da proposta pedagógica, viu-se a necessidade de modificação do mobiliário, com mesas coletivas e espaçosas, carrinhos pedagógicos de Matemática, de Literatura e de Artes, um quadro móvel, escaninhos para os materiais individuais, além de um tablado, que chegará em breve”.


As crianças aprovaram! 

Novas possibilidades, cores e materiais, tudo pensando em proporcionar aos estudantes um ambiente feliz e acolhedor; a manipulação, experimentação e autonomia; o atendimento às necessidades individuais; a realização de pesquisas, enfim, elementos que os tornem protagonistas da aprendizagem.

Mesas coletivas

As mesas foram projetadas para o uso de quatro a seis crianças, possibilitando o trabalho em grupo e a interação. O trabalho em grupo enriquece, ensina a cooperação, educa para a partilha e para o respeito às diferenças, às experiências e à escuta das ideias do outro.

Quadro móvel

Uma face do quadro é lisa, preta, podendo ser trabalhada com giz, e a outra é branca quadriculada, facilitando a criação de desenhos, traçados, gráficos, simetrias e possibilita o uso de caneta colorida. A mobilidade e a altura permitem que as crianças visualizem e realizem as atividades propostas.

Carrinho de Matemática

Diferentes tipos de materiais são disponibilizados para proporcionar a vivência matemática. Ábacos, réguas, fitas métricas, jogos e outros objetos compõem o laboratório móvel. 

Carrinho de Literatura

Os livros de literatura, quando expostos e de fácil acesso, suscitam o desejo de leitura, manuseio e de observação das gravuras. O carrinho é uma biblioteca de sala, que será constantemente renovada. 

Escaninhos

O estudante guardará e se responsabilizará pelos próprios materiais, incentivando a autonomia e o movimento das crianças, que se organizarão em duplas na utilização dos espaços.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.