Projetos do Marista Medianeira disseminam a solidariedade

Colorir faz bemTricotando Carinho e a Campanha Lenço Solidário não são apenas três importantes projetos do Colégio Marista Medianeira, mas sim incentivos às práticas da solidariedade e do amor ao próximo. As ações, que integram diversas iniciativas realizadas em 2017 para celebrar os 200 anos de atuação marista no mundo, foram colocadas em prática na área de Oncologia do Hospital Santa Terezinha (HST) de Erechim/RS.

Pacientes em tratamento na área oncológica do hospital receberam as doações com alegria

Na quarta-feira, 14 de junho, estudantes da Pastoral Juvenil Marista retomaram o projeto Colorir Faz Bem. Os alunos deram mais vida a ala oncológica do hospital, através da aplicação de adesivos com frases motivacionais, que coloriram as paredes dos quartos. No mesmo dia, as voluntárias do Tricotando Carinho e da Campanha Lenço Solidário realizaram uma nova doação de toucas, cachecóis e lenços, levando carinho e autoestima aos pacientes. No momento da entrega, a RBS TV Erechim esteve presente e registrou a ação. Os pacientes acolheram as doações com carinho e afirmaram que gestos como esse trazem mais alegria e conforto ao dia a dia de quem faz tratamento contra o câncer. Dentro das peças doadas, estavam também cartões confeccionados pelos estudantes do colégio, com desejos de melhora e saúde.

As mães voluntárias que fazem parte do projeto dedicam um pouco do seu tempo à pratica da solidariedade

Saiba como funcionam os projetos

Com a orientação da Assessora de Pastoral, Maria Inete Rocha Maia, os estudantes da Pastoral Juvenil Marista (PJM) do Colégio Marista Medianeira deram vida ao projeto voluntário Colorir Faz Bem. Por meio da pintura de desenhos nas paredes, os alunos revitalizaram um dos quartos e os corredores da área infantil do Hospital Santa Terezinha com o objetivo de alegrar os pacientes e contribuir na recuperação.

"Na palavra Colorir, conseguimos ver a união das palavras Colo e Rir, e é isso que buscamos proporcionar às crianças atendidas. O projeto foi composto de duas etapas, e a primeira delas foi a pintura do quarto. Após a conclusão, retornamos para ofertar nosso colo e fazer rir as crianças que precisavam de carinho", conta a assessora. Em sua primeira etapa, ocorrida em 2016, o projeto teve o envolvimento dos 106 estudantes da PJM. Nesse ano, a ideia é levar esse mesmo carinho revitalizando a área oncológica do hospital com frases de motivacionais que serão aplicadas nas paredes.

Os jovens da Pastoral Juvenil Marista, que fazem parte do Colorir faz bem, deram mais cor aos quartos e mais motivação aos pacientes

Tricotando Carinho, realizado desde 2015 por um grupo de mães da Associação de Pais e Mestres do Colégio Marista Medianeira (Apamem), tem por objetivo produzir peças de tricô como toucas e cachecóis, para serem entregues ao Projeto Penélopes Solidárias de Erechim - grupo formado por voluntárias que arrecadam mechas de cabelo e outras peças para doação a pessoas com câncer. As lãs para confeccionar as toucas e cachecóis são arrecadadas pela comunidade e o grupo já produziu cerca de 300 peças manualmente. Através de uma das tarefas da Gincana Champagnat, que aconteceu no Colégio de 7 a 9/6, os estudantes arrecadaram cerca de 400 novelos para serem doados ao projeto. Depois da entrega no hospital, a próxima etapa é confeccionar bonecas de tecido para serem doadas aos meninos e meninas com câncer no Dia das Crianças.

Também é realizada pela Apamem, junto com o Grêmio Estudantil do Colégio Marista Medianeira (Gecom), a campanha Lenço Solidário para levar autoestima e carinho para pacientes com câncer. Todas as peças doadas são encaminhadas para instituições como o Instituto do Câncer Infantil, de Porto Alegre, que atende cerca de 2 mil crianças; o Instituto do Câncer Infantil de Passo Fundo, para o qual o grupo já realizou uma doação este ano; e para o Hospital Santa Terezinha, de Erechim.

Tricotando Carinho vai além do Marista Medianeira

Colaboradores do Centro Social Marista Boa Esperança com as peças arrecadadas

Sensibilizados com o projeto, o Centro Social Marista Boa Esperança, de Santa Cruz do Sul, acompanhou a Campanha Lenço Solidário e abraçou a causa, realizando uma campanha interna entre os colaboradores, sendo arrecadados lenços e echarpes que serão repassados ao projeto Tricotando Carinho. "Nosso intuito foi de contribuir e também proporcionar autoestima e transmitir afeto aqueles precisam, mesmo sem os conhecermos. Estamos tendo a oportunidade para relembrarmos o sentido de nossa existência e missão. É tempo de olharmos para trás e nos inspirarmos a pensar no futuro", afirmou a Assistente Social, Luciane Porto.

Bicentenário da atuação marista no mundo é celebrado com 200 ações

Para marcar essa data e deixar um legado à sociedade, foi lançado o projeto Maristas em Rede, que propõe a realização de 200 ações para comemorar os 200 anos. Irmãos, profissionais, estudantes, famílias e sociedade estão engajados na realização de ações sociais que estejam relacionadas aos seguintes eixos: educação, cidadania, direitos humanos, arte e cultura, esporte, espiritualidade, sustentabilidade e inovação. Todas as iniciativas, como o projeto Colorir faz bem e Tricotando Carinho, estão reunidas no site www.maristas.org.br/emrede e a comunidade está convidada a contribuir, seja como voluntária ou com sugestões. Basta acessar o site e participar dessa corrente do bem.

 

 

Comentários (2)

adelio Vier

Parabéns pela iniciativa - Em preces - Ir Adélio Vier

Responder
adelio Vier

Parabéns pela iniciativa - Em preces - Ir Adélio Vier

Responder

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.