Peça teatral marcará volta às aulas

Duas sessões da peça "O Garoto que não sabe rir" presentearão pais, alunos e educadores na abertura do ano letivo 2008 na Escola. A abertura oficial das atividades acontece às 8h do dia 20/2, quarta-feira, no salão de atos da escola com a presença de educadores, pais, alunos e autoridades convidadas. O primeiro dia será marcado pelo clima festivo do reencontro da comunidade educativa marista. Momentos de integração, convivência e a apresentação teatral estão programados para acontecer nos dois turnos, pela manhã a partir das 8h e à tarde, a partir das 13h30min.

A peça do grupo Teatro de Gaiola, que estreará no dia 7 de março, no Centro Cultural 25 de julho, será apresentada em sessões de pré-estréia, na Escola, às 10h e às 14h. A apresentação narra a trajetória dos irmãos Adasir e Sirléia. O garoto, apesar de ser feliz, se sente excluído por não saber rir, enquanto a jovem luta contra as convenções quando se apaixona por um palhaço.

"O espetáculo pretende, de forma leve e divertida, falar sobre as diferenças entre as pessoas e o preconceito", comenta Fabiano Tadeu Grazioli, que além de produtor, é o diretor da peça. Com ares de musical infantil, a produção tem letra de música assinada pelo autor da peça, e criações musicais do carioca Márcio Eduardo Melo. O texto é de autoria do também carioca Rômulo Rodrigues. A peça foi montada no Rio de Janeiro em 2006.


Peça teatral: O Garoto que não sabe rir

A diretora da escola, professora Idília Miozzo Taglietti, o Irmão Canísio Puhl e toda a equipe diretiva conduzirão as boas-vindas à comunidade educativa. "A peça teatral é um presente de boas-vindas para nossa comunidade educativa. Estamos começando o ano letivo 2008 com o ânimo renovado pela confiança das famílias que apostam na educação marista. A competência reconhecida dos nossos professores e os resultados que diferenciam nossos alunos na sociedade fortalecem nossa atuação".   

Para os professores e funcionários da Escola, o ano letivo iniciou no último dia 13/2, quarta-feira. Reunidos para estudos, planejamento das atividades pedagógicas e para preparar o retorno dos alunos, eles projetam ações para o ano de 2008, tendo como o objetivo o fortalecimento dos diferenciais pedagógicos e da presença na comunidade. "Construir, na atuação diária, um espaço de aprendizagem embasado na qualificação de seus educadores, na solidez da infra-estrutura e na vivência de valores são os pilares que sustentam a escola na missão de contribuir com a sociedade formando cidadãos participativos e conscientes", afirma Idília.
 
REDE DE EDUCAÇÃO – Com foco em Educação Infantil e Ensino Fundamental, a Escola Marista Medianeira está presente na comunidade de Erechim há 73 anos. Reconhecida pela excelência acadêmica, qualificação dos professores e formação voltada para valores, integra a Rede Marista de Educação e Solidariedade do Rio Grande do Sul. São 21 escolas de educação básica, uma universidade (PUCRS) e 31 centros sociais. A ação marista está presente em 78 países dos cinco continentes. 

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.