Palestrante aborda sobre tecnologia com pais e educadores

Na sexta-feira, 17/3, os professores e pais do Colégio receberam o palestrante Adriano Canabarro Teixeira, para abordar a temática da Tecnologia. Adriano é doutor em Informática na Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), tendo realizado estágio de doutorado na Universidade de Roma Três - Itália; é pós-doutor em Educação pela UFRGS com apoio do CNPq; e é Professor Titular na Universidade de Passo Fundo.

Adriano afirmou que a tecnologia e como ela é conduzida pela escola fazem a diferença na aprendizagem do estudante

Para os professores, o palestrante destacou como a evolução das tecnologias precisa despertar o educador para estar em constante atualização e inserção na área, para saber aplicá-las em sala de aula e utilizá-las a seu favor, já que o desconhecimento dessas ferramentas torna o professor obsoleto diante do constante avanço tecnológico do mundo atual. "O professor, muitas vezes, possui medo de utilizar a tecnologia dentro da escola, por não ter total domínio sobre ela. Mas, no momento em que vivemos, é extremamente necessário estarmos atentos e inseridos nesse contexto, pois precisamos da tecnologia para qualificarmos nosso ensino", destacou.

O palestrante provocou os professores a pensarem sobre suas práticas em sala de aula

Em sua abordagem com os pais, Adriano falou sobre o uso da tecnologia de maneira geral e o impacto dela na vida das pessoas; sobre os limites que devem ser dados às crianças e jovens; e como os pais e a escola precisam auxiliá-los a canalizar a utilização da tecnologia, para que possam pensar em soluções para problemas reais que cercam a existência humana, através dos recursos tecnológicos que dispomos hoje. O palestrante também falou sobre o uso das redes sociais, que deve ser feito de forma consciente, mas que precisa sim, estar no dia a dia dos jovens, pois faz parte das relações do tempo atual em que vivemos.

Com os pais, Adriano falou sobre a necessidade do uso e dos limites da tecnologia

Para Eliane Tamagno, mãe dos estudantes Eduardo e Arthur, do 1º ano do Ensino Médio e do 5º ano do Ensino Fundamental, a evolução da tecnologia é algo assustador. "Projetamos nos nossos filhos a preocupação que temos de que eles sejam os melhores, seja na profissão em que escolherem, ou na vida. É difícil pensar que o mercado de trabalho exclui quem não for o melhor no que faz, e saber usar a tecnologia e seus avanços, hoje em dia, é fundamental para ter sucesso em qualquer profissão. Penso que precisamos, como família, ajudar nossos filhos nessa constante busca e evolução."

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.