Clube do Livro recebe autor do livro O Inimigo Digital

Um grupo de estudantes do Ensino Médio está participando do projeto Eu, Repórter, iniciativa que oportuniza a realização da cobertura jornalística de diversos eventos do Colégio.

Confira uma das matérias:

Por Letícia Corrêa Maier | 1º ano EM

Desde 2012, o Clube do Livro - projeto idealizado pelos próprios estudantes - vem promovendo o incentivo à leitura e o desenvolvimento do pensamento crítico por meio da discussão de diversas obras.

Em seu primeiro encontro neste ano, ocorrido dia 18/4, como parte da programação da Semana Estadual do Livro e Incentivo à Leitura, o autor Athos Beuren foi convidado para um bate-papo sobre o seu livro O Inimigo Digital, uma aventura interativa não oficial do jogo de videogame Minecraft, ícone da cultura geek.

Destinado aos estudantes a partir do 4º ano EF, o encontro foi um sucesso de público, lotando o Auditório da Biblioteca. Os participantes mostraram grande interesse, tanto no livro tema da palestra, como também em outras obras do autor, como O Senhor das Sombras e Viver ou Morrer. As estudantes da turma 41 Luísa Fabião e Lara Al Hih, que participavam pela primeira vez do Clube do Livro, afirmam terem participado devido ao seu interesse no livro, que lhes foi apresentado durante uma Hora do Conto.

Athos achou fantástico participar do Clube do Livro. “Cada vez que visito escolas, tenho a oportunidade de conhecer estudantes e trocar experiências e aprendizados. Este tipo de integração resultou na escrita do livro O Inimigo Digital”, explica. Além de elogiar a iniciativa, caracterizando-o como um projeto modelo, ele declarou-se encantado com a Biblioteca rosariense: “Um espaço assim é motivador para tornar o hábito da leitura uma opção mais atrativa, principalmente ao público jovem, que está em uma fase crucial de aprendizado e o incentivo à leitura pode contribuir para formar leitores para a vida toda”, declara.


Primeira edição do Clube do Livro de 2018

Sobre o livro

Atendendo ao apelo do público, em 2017 o escritor lançou o livro O Inimigo Digital, ambientado no universo de Minecraft. Além de reaproveitar os elementos do jogo, acrescentou trama e elementos inéditos, como monstros, cenários e objetos. A obra tem como principal característica o seu formato interativo, baseado em jogos de RPG (sigla em inglês para Role Play Game), que possibilita que o leitor protagonize a trama, construindo seu personagem e por meio de suas escolhas, a própria história, de forma a proporcionar uma experiência única.

Segundo Beuren, livros-jogos são como videogames em forma de livro. “São apresentados enigmas e desafios a serem desvendados ou não pelo leitor/jogador, e a cada nível vão evoluindo em dificuldade e quantidade de recompensas. Assim, por meio da imaginação, as obras transportam a um mundo fantástico, onde os conteúdos são apresentados de forma lúdica, facilitando sua assimilação e incentivando a leitura, até mesmo entre estudantes considerados mais dispersos”, finaliza.

Sobre o autor

Gaúcho natural de Novo Hamburgo, Athos Beurer possui nove livros em sua bibliografia, todos do gênero ficcional e em formato interativo como livros-jogos, que fazem a leitura mais agradável, incentivando o desenvolvimento do apreço pelos livros cada vez mais cedo entre os jovens.

O gosto pela literatura, promovidos na sua família e na escola, foi fundamental para sua formação como escritor. “As histórias contadas pelos meus pais na hora de dormir e o incentivo dos professores desde cedo incentivaram minha criatividade e a formação de um olhar mais simpatizante aos livros”, explica.

Amante de histórias ficcionais, principalmente as de tema medieval, Beurer conta que quando era criança, ele e seus amigos brincavam de criar situações em que protagonizavam a trama, até que a brincadeira acabou resultando no seu primeiro livro Viver ou Morrer, escrito aos 11 anos. Sua trajetória como escritor serve de exemplo para os jovens. “Sou a prova de que todos têm potencial para se tornarem autores, basta terem apreço pela leitura, de forma a encararem como algo divertido”, conclui.


Athos autografando os livros dos estudantes

Confira mais fotos do encontro aqui.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.