Alunos recebem escritores porto-alegrenses

Na manhã desta segunda-feira, (14/04), os estudantes das turmas dos 5º e 6º anos do Marista Rosário participaram do bate-papo com Marcelo Carneiro, jornalista e autor do livro Codinome: Duda. Marcelo, além de partilhar suas experiências na escrita do livro, também incentivou os jovens à ler, e à se descobrir “Vocês devem se fazer duas perguntas: 1) O que você gosta de fazer de verdade? ; 2) Em que você é bom fazendo?”, disse.


Encontro realizado pela manhã, com estudantes dos 5º e 6º anos

Durante a tarde, a professora e escritora Christina Dias contou para as turmas do 3º ano do Colégio como surgiu o livro O Monstro do Guaíba, lançado em 2013. De maneira descontraída e alegre Christina envolveu as crianças com a contagem da ficção que justifica a enchente de 1942 em Porto Alegre.


A autora incentivou o hábito da leitura e ressaltou que não existe livro sem leitor

 

Sobre o Programa de Incentivo à Leitura:
A partir do Programa de Incentivo à Leitura, premiado com o bronze no Prêmio Inovação em Educação do Sinepe-RS em 2012, cada série possui projetos específicos para o desenvolvimento do gosto pela leitura.
O incentivo começa na Educação Infantil, onde os estudantes dispõem de horários semanais na Biblioteca Pequeno Príncipe, horas do conto e leituras em sala de aula. A partir do 1º ano do Ensino Fundamental, a prática se intensifica com a consolidação do processo de alfabetização. Neste nível, tem início o projeto Ciranda da Leitura, que visa aperfeiçoar a compreensão leitora e ampliar o repertório literário dos estudantes. O projeto é realizado até o 5º ano EF com diferentes abordagens por ano.
Nas Séries Finais, os estudantes são incentivados a ler, resumir, debater, opinar e até criar vídeos sobre três livros por trimestre. Na 7ª série acontece o Sarau Literário, em que os alunos apresentam uma releitura de obras da literatura brasileira, valorizando nossa história.
No Ensino Médio, além dos diversos movimentos literários, autores e livros estudados, as obras exigidas para o vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul são trabalhadas com maior ênfase. Através do Rosário Café, evento cultural que discute obras em horários extraclasse, enfoques e debates mais aprofundados são possíveis. Os Seminários de Leituras Obrigatórias também objetivam o incentivo à leitura e o esclarecimento das temáticas abordadas nos livros exigidos para o vestibular.
Todos estes projetos culminam na Feira do Livro, que em 2013 celebrou a sua 21ª edição.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.