Campanha Eu me Comprometo convida ao diálogo

Recentemente, ocorreu o lançamento da campanha Eu me Comprometo durante reunião do Fórum Permanente de Prevenção à Venda e ao Consumo de Bebidas Alcoólicas por Crianças e Adolescentes na sede do Ministério Público do RS.

Criada pelo Grupo de Trabalho das Escolas, integrado pelos colégios de Porto Alegre Anchieta, Farroupilha, Marista Rosário, Monteiro Lobato e Santa Inês, a campanha incentiva todos os adultos ao diálogo e ao compromisso com o cuidado e a proteção de crianças e adolescentes em relação ao consumo de álcool.

Veja um Vídeo da Campanha:

 

No Marista Rosário, pais, responsáveis e educadores são convidados a refletir sobre o tema e sobre suas ações de cidadania, incentivando todos os adultos a se comprometerem com o cuidado e a proteção. Será distribuído um flyer com dicas (disponível aqui) e outros materiais com orientações específicas.

Abaixo, veja algumas delas:

POR QUE O CONSUMO DE ÁLCOOL ENTRE ADOLESCENTES É UM PROBLEMA?

Um dos principais motivos é que as áreas do cérebro encarregadas de controlar os impulsos, fazer bons julgamentos e tomar decisões ainda não estão totalmente prontas na adolescência. O uso de álcool nessa faixa etária faz com que esse processo seja prejudicado, comprometendo a avaliação de riscos, bem como a tomada de decisões na vida futura.

COMO DISCUTIR ESSAS QUESTÕES COM SEU FILHO?

Compartilhe suas crenças e valores e converse sobre o uso de drogas e os seus efeitos, considerando dados científicos.

COMO CONSTRUIR UMA REDE DE PROTEÇÃO PARA OS JOVENS?

Conheça os pais dos amigos, construa vínculos e comunique-se permanente entre as famílias.
Compartilhe com os outros pais seus valores. Ao compartilharem mesmos princípios, fica mais fácil criar uma rede de proteção.

 

Sobre o Fórum:

Criado em 2011, o Fórum Permanente de Prevenção à Venda e ao Consumo de Bebidas Alcoólicas para Crianças e Adolescentes é coordenado pelo Ministério Público do estado. O Marista Rosário faz parte desde 2012, e participam dele ainda colégios como Anchieta, Farroupilha, Monteiro Lobato e Santa Inês. Entre os objetivos, a iniciativa busca unir as famílias e o poder público com o objetivo de combater essas práticas e, consequentemente, cuidar melhor da infância e da adolescência.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.