Colégio inicia a Semana das Profissões 2018

Um grupo de estudantes do Ensino Médio está participando do projeto Eu, Repórter, iniciativa que oportuniza a realização da cobertura jornalística de diversos eventos do Colégio.

Confira uma das matérias:

Por Letícia Corrêa Maier | 1º ano EM

Na manhã de segunda-feira, 11/6, o Colégio iniciou os eventos da Semana das Profissões. No período, os estudantes dos Anos Finais e Ensino Médio têm a oportunidade de conhecer melhor o mundo do trabalho, por meio de workshopse palestras que os permitam experienciar aspectos de diversas profissões, para que assim possam começar a traçar seu projeto de vida de maneira mais concreta e visando desenvolver as competências mais valorizadas pelas empresas e universidades.

Para abertura oficial, o Colégio recebeu o vice-reitor da PUCRS, Jaderson Costa da Costa, e as psicólogas Manoela Ziebell e Daniela Boucinha para conversar com os estudantes do EM sobre o passado, presente e futuro do trabalho, comparando a evolução das profissões ao longo do tempo. No encontro, explicaram que com os avanços tecnológicos, algumas profissões foram extintas e tantas outras novas oportunidades de carreira foram criadas.

Segundo o vice-reitor, “a universidade cumpre o papel de extensão da escola, viabilizando que os conhecimentos desenvolvidos até então sejam moldados de maneira a se encaixarem em uma determinada profissão, ou seja, a universidade é o lugar que possibilita que nos tornemos o que mundo precisa”.

De acordo com as psicólogas, a carreira profissional é iniciada ainda durante a escola, por meio das vivências nas quais adquirimos novas habilidades. “Hoje temos a possibilidade de escolher profissões que mais nos deixam felizes, nas quais podemos aproveitar mais nossas aptidões e talentos, ao contrário do ocorria antigamente, quando o mercado de trabalho determinava nossa carreira, pois estava ligada à uma questão de sobrevivência (agricultura, pecuária, medicina, etc.)”, afirmam.

Para encerrar, elas deram dicas de como realizar-se profissionalmente e manter uma boa carreira. “Isso requer planejamento e um currículo bastante variado, com muitas experiências e vivências, como participar de atividades extracurriculares, fazer intercâmbio, estágio, falar mais de um idioma, etc.”, explicam. Além disso, diversas qualidades, como criatividade para solucionar problemas, flexibilidade para se adaptar a mudanças, inteligência emocional, empatia e a habilidade de se comunicar de forma clara, desenvolvidas através do exercício constante do autoconhecimento, também são necessárias.


Psicólogas e vice-reitor da PUCRS participaram da abertura 

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.