Matrizes curriculares são tema de estudo dos professores

Até setembro, os professores dos Anos Iniciais do Marista Rosário participarão de formações com foco nas suas áreas de atuação. O próximo encontro será sobre as Matrizes Curriculares, no sábado, 1º/4, das 8h às 12h, com o tema: Teias/Situação problema área da Matemática e Ciências da Natureza.

Trata-se de uma continuação do que foi visto na área de Matemática e Ciências da Natureza em fevereiro e março desde ano e faz parte do Programa de Reestruturação Curricular Marista.

Para a coordenadora pedagógica dos 1º e 2º anos EF, Caroline Garziera, a proposta busca tornar os conhecimentos cada vez mais significativos e contextualizados na realidade dos estudantes, e tem implicação direta na metodologia usada em aula e nos planejamentos dos professores.


Educadores durante as jornadas realizadas em fevereiro

 

Sobre a Matriz Curricular Marista

Com um processo iniciado em 2009, a Matriz foi elaborada por educadores das três províncias do Brasil Marista e materializa a concepção e o posicionamento marista.

Também sinaliza suas intencionalidades, os contextos, os valores, as redes de conhecimentos e saberes, na perspectiva da “educação integral de qualidade como direito das crianças, adolescentes e jovens”.

Dividida em quatro áreas de conhecimento (Área de Ciências Humanas e suas tecnologias, Área de Ciências da Natureza e suas tecnologias, Área de Linguagens, códigos e suas tecnologias, Área de Matemática e suas tecnologias), traz as diretrizes para uma escola que tem como missão formar cidadãos humanos, éticos, justos e solidários para a transformação da sociedade.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.