Semana das Profissões é aberta com reflexões sobre o futuro

Um grupo de estudantes do Ensino Médio está participando do projeto Eu, Repórter, iniciativa que oportuniza a realização da cobertura jornalística de diversos eventos do Colégio.

Confira uma das matérias:

por Lorenzo Mello | 2º ano EM

A Semana das Profissões 2018 do Marista Rosário começou nesta segunda-feira, 11/6, com o objetivo de proporcionar momentos de reflexão e aprendizado sobre as diferentes opções de carreira. A abertura oficial ocorreu no Salão de Atos do Colégio e reuniu estudantes do Ensino Médio, educadores e Direção. Uma das atrações foi a apresentação de dança “Prenda Minha”, realizada pela estudante Nina Borghetti, da turma 203.

O vice-reitor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), professor Jaderson Costa da Costa, conduziu o primeiro momento, que contou com a palestra O Futuro do Trabalho: Autoconhecimento, Juventudes e Protagonismo. O docente, que atua na Escola de Saúde da PUCRS, apresentou as novidades da universidade para 2018 e conversou com os estudantes sobre a necessidade de se ter uma formação integrada, com conhecimentos interdisciplinares.


Vice-reitor da PUCRS, professor Jaderson Costa da Costa

Após a fala do vice-reitor, as psicólogas Manoela Ziebell e Daniela Boucinha, do Escritório de Carreiras da PUCRS, palestraram sobre as mudanças constantes no mercado de trabalho e as competências que devem ser desenvolvidas pelos profissionais do futuro. Foi salientada a postura ativa exigida pelo mercado atualmente e as tendências e maneiras para se destacar dentro de uma carreira, cujo conceito vai além da ideia de profissão, por se tratar de uma construção realizada unindo o trabalho e as características pessoais.

De acordo com as psicólogas, o profissional do futuro precisa ter quatro competências fundamentais: criatividade, flexibilidade, inteligência emocional e capacidade de trabalhar em equipe para solucionar problemas complexos, que muitas vezes são antigos e permanecem pendentes. “Para atingir esses objetivos, toda a formação profissional deve ser construída em torno da ideia de carreira, pela qual todas as escolhas - como a participação em atividades como liderança de turma, Voluntariado, Grêmio Estudantil e miniempresa - ajudam a desenvolver essas aptidões necessárias”, afirmam.

Segundo elas, os pais também podem ajudar na escolha profissional, pois possuem uma rede de trabalho e contatos maior do que os filhos e podem auxiliar a localizar profissionais da profissão pretendida pelo jovem. Para as psicólogas, é fundamental que o jovem converse e tire suas dúvidas com pessoas da área de interesse, conhecendo a rotina, a atuação e o processo de inserção no mercado de trabalho. O autoconhecimento, com sentimentos e dúvidas a partir da reflexão individual, também ajuda na escolha profissional.

Manoela e Daniela também destacaram que o mercado de trabalho procura um profissional protagonista, que vai em busca do que deseja. “Para desbravar o mercado, é preciso ser um sujeito ativo e, mesmo na faculdade, é necessário ir atrás de outras experiências, como iniciação científica, pois são essas atividades que fazem com que as trajetórias profissionais sejam diferentes e algumas pessoas se destaquem”. Para finalizar a palestra, foram apresentados três passos para atingir a excelência: pensar, planejar e executar.

A Semana das Profissões segue movimentando a comunidade rosariense até a sexta-feira, 15/6, com atividades para que os estudantes reflitam sobre o futuro e as diferentes opções de carreira. Durante os cinco dias, o evento contará com testes vocacionais, oficinas e bate-papos sobre diversos cursos. Em 2018, o evento passou por reformulações, que buscaram, em consonância com os estudantes, atualizar a programação e tornar o evento mais próximo do que pensam os alunos do Marista Rosário.


Manoela Ziebell e Daniela Boucinha, do Escritório de Carreiras da PUCRS

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.