Semana da Pátria teve intensa participação dos estudantes

As cerimônias cívicas em comemoração aos 195 anos da independência do Brasil foram realizadas com participação efetiva de educadores e estudantes. Esta participação,  que envolveu dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental ao Ensino Médio, foi protagonizada na preparação de momentos culturais e reflexões sobre o cenário vivido atualmente pelo nosso País.

Poesias, artigos e cantos, foram produzidos e interpretados pelos estudantes nas solenidades de hasteamento ou arriamento das bandeira.

Separamos alguns destes textos, poesias e  letras musicais para dividir com as famílias:

Texto produzido pelos estudantes do Ensino Médio, com orientação da professora Cristiane Pissuti,  para leitura no dia 5/9, no momento cívico de hasteamento:

Ano de 2017... Nós vivemos um momento em que questionamos os valores de quem, de alguma forma, chefia nosso País. Somos assombrados pelas incerteza e pelo receio de como construir o dia de amanhã. No entanto, precisamos lembrar que somos, acima de tudo, brasileiros, e carregamos a esperança de que muitos princípios serão reconstruídos e de que o amanhã será a possibilidade de dias infinitamente promissores... Assim somos nós... heroicos....

Para que possamos transformar a realidade, precisamos colocar acima de tudo o saber... Ele é o elemento propulsor de uma civilização que acredita em mudanças, que percebe os desafios e que se coloca em situações delicadas na tentativa de que tudo se reconstrua.

Os saberes transformam... democratizam... sensibilizam ... fortalecem.... assim, é inviável pensar em futuro sem que que cada um de nós auxilie na democratização do saber, sem que levemos a todos os lados os conceitos, os valores que nos solidificam dentro de um sistema que é questionado... Nós precisamos ser questionadores, invocadores de cultura e de valores morais e éticos.

Nessa semana da Pátria, propomos que cada um repense suas formas de ver a vida... que esteja vivo... que seja um agente modificador da realidade, e não apenas espectador...precisamos perceber que cuidar da vida é uma forma sublime de transformar o futuro e de conceber novos conceitos... novos saberes....

Assim, resta-nos esperar que nossa geração seja, então, com seu jeito peculiar de ser, uma nova proposta de amanhã, de resgate de valores, de proposição de futuro próspero, de SER HUMANO, na real grandeza da palavra... Que tenhamos orgulho de nossa Pátria sempre, e possamos cuidar da vida...transformar o mundo....


Estudantes do EM Gabriela Macedo e Anna MenaChelotti

Texto pesquisado pela turma 41, com a orientação da professora Rita de Cássia Lima Trindade.

Pátria Amada (Brasil)

Ê, este meu país...
Tão grande quanto o coração de sua gente.
É um País de grandes possibilidades,
De desejos e vontades
Deste povo tão contente.

Ê, quanta alegria.
Ê, quanta liberdade.
Esse País tão belo e abençoado,
Com seu povo dedicado,
Se destaca na bondade.

Eu vou ficar...
Esse é o meu lugar,
Este é o meu País,
Minha pátria tão feliz.

Eu vou ficar...
Juntamente com meu povo,
Quero ouvir cantar de novo,
Eu vou ficar, eu quero bis.

Fonte: Universo da Rima


Estudante Giovana Aires do 4º ano