Tartaruga ensina a valorizar os amigos

A curiosidade do pequeno Artur Zeferino Marx motivou uma atividade de Educação para o Pensar com os alunos do Nível III da Educação Infantil. O aluno trouxe o livro “A tartaruga e a perfeição” para ler com os colegas e instigá-los a conhecer as tartarugas. A partir do momento literário, as crianças estudaram em livros de Ciências sobre o modo de vida desses animais, e também receberam a inusitada visita da tartaruga Tati, na terça-feira, 16 de abril.


Os alunos ouviram e discutiram a fábula com as professoras.

A fábula, que enfatiza a questão de valorizar as amizades, serviu de inspiração para uma discussão sobre valores e relacionamentos sócio-afetivos. A tartaruga foi trazida da Escola Marista Santa Marta pela professora Rejane. “Como estavam limpando o lago da Escola e a tartaruga já estava mesmo fora de seu habitat, resolvi pegá-la emprestada para mostrar às crianças”, disse ela.


Todos queriam tocar um pouquinho na amiguinha Tati.

Depois de refletirem, chegou a hora das crianças curtirem a nova amiguinha. Todos ficaram fascinados e queriam ao menos tocar a tartaruga Tati. “Elas têm um pedaço do mapa do planeta terra no casco e eu acho que a outra parte está no lado de dentro”, contou o pequeno Artur. “Elas são muito antigas, existem há milhões de anos, desde o tempo dos dinossauros”, completou. A atividade foi coordenada pelas professoras Lara Marasca, Andréia Lima e Rejane Soares.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.