Uma aliada na educação

Tecnologia muda a forma de relacionamento em sala de aula e transforma o processo de aprendizagem 

Os populares quadro negro, giz e apagador, que marcavam uma aula praticamente unilateral no ambiente escolar, estão sendo usados cada vez menos, dando lugar a recursos dinâmicos e interativos na sala de aula. A educação foi transformada, fortalecendo o vínculo humano e as possibilidades de aprimoramento, experiência e troca de conhecimento. Na medida em que avança, a inovação tecnológica tem provocado adaptações constantes no modelo de ensino, a fim de trazer o jovem para o centro da aprendizagem.

De acordo com a supervisora pedagógica dos Colégios Maristas, Shirley Cardoso, não se pode reconhecer a educação de hoje sem as tecnologias, pois elas se tornaram uma conexão essencial para uma aprendizagem diferenciada. Ela alerta ainda que a presença latente da tecnologia faz com que não só os dispositivos digitais se destaquem nas formas de interação e aprofundamento, mas também a dinâmica da relação entre educadores e estudantes. “Os professores conseguem explorar e adaptar melhor o conhecimento por saberem quais os anseios dos jovens”, complementa.

Material didático inovador

A proposta pedagógica marista tem na tecnologia uma forma de desenvolver diferentes habilidades, construindo e mobilizando diferentes linguagens e recursos. No Ensino Médio, o estudante interage com um material didático exclusivo, o Sistema Marista de Educação (SME). Desenvolvido por professores maristas, a plataforma convida o estudante a passar tanto pelo conhecimento analógico, do conteúdo impresso, como o tecnológico, a partir de uma plataforma interativa que permite conexões. “O Sistema promove, com exclusividade, múltiplas aprendizagens nas áreas de conhecimento nos mais diversos temas e contextos, proporcionando uma aprendizagem significativa, com autoria e autonomia”, ressalta a supervisora pedagógica.

No Marista São Francisco, está sendo implementado, a partir deste ano, o Projeto Conexões, que contempla o uso de iPads e equipamentos Apple TV pelos professores, possibilitando o acesso a recursos interativos e a plataformas digitais de aprendizagem.

“Através desse projeto e com a implantação do Sistema Marista de Educação, é possível proporcionar aos estudantes, novas formas de aprendizagem, contextualizando e ressignificando os conteúdos que estão sendo estudados”, comenta a Coordenadora Pedagógica, Izabel Pereira dos Santos. Com o acesso aos objetos digitais presentes nos módulos, os estudantes podem fazer relações entre os componentes curriculares dentro de cada área do conhecimento.

12ª edição Revista Em família | 1º semestre de 2017

Acesse, aqui, a edição completa da revista.